VOLTAR

PROGRAMA 10S - Criado e Desenvolvido pela TQM

PROGRAMA 10S
A utilização de técnicas de estimulo à cultura da qualidade, desenvolvidas por organizações japonesas e difundidas mundialmente, provocaram diversas melhorias no âmbito empresarial, sendo que algumas foram estendidas a outros setores da sociedade.
Uma técnica desenvolvida por Kaoru Ishikawa denominada 5S (Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke) constituiu um dos primeiros passos de melhoria da qualidade. O método demonstrou ser muito eficaz enquanto reorganizador das empresas e da própria economia.
Quando começou a ser utilizado nas organizações brasileiras, houve uma tradução para nossa língua, para que seus significados pudessem ser entendidos. Para não perder o conceito dos “S” , foi então utilizada a palavra Senso no início de cada tradução em português, ficando assim definidos: Senso de Utilização, Senso de Ordenação, Senso de Limpeza, Senso de Saúde e Senso de Autodisciplina.
Hoje a prática do 5S é amplamente utilizada nas organizações brasileiras, e em grande número delas, a implantação do Sistema de Gestão pela Qualidade é iniciada por este programa, tendo-se ótimas melhorias de resultados.
Posteriormente foram propostos outros 3 Sensos, surgindo o Programa 8S: 6ºS, Shikari Yaro – Senso de Determinação e União, 7ºS Shido – Senso de Treinamento e 8ºS Setsuyaku – Senso de Economia e Combate aos Desperdícios. Existe um livro de José Abrantes, Programa 8S – Da Alta Administração a Linha de Produção que trata do assunto.
Um artigo de revista sugeriu um S - Shisei Rinri - Senso dos Princípios Morais e Éticos, e a TQM – Técnicas de Qualidade e Marketing Ltda. passou-se a defini-lo como sendo o 9º S.
O consultor José Ailton Baptista da Silva, fundador da empresa TQM – Técnicas de Marketing e Qualidade Ltda., analisando as práticas de gestão utilizadas modernamente nas organizações, e visando completar os conceitos com um importante componente que ainda não era explicitado, acrescentou o Senso de Responsabilidade Social, ficando definido o 10ºS.
Uma pesquisa de termos em japonês encontrou o significado de Responsabilidade Social como sendo Sekinin Shakai, completando assim os 10 (dez) SENSOS, de forma que a TQM criou o Programa 10S:
1. SEIRI - Senso de Utilização
2. SEITON - Senso de Ordenação
3. SEISOH - Senso de Limpeza
4. SEIKETSU - Senso de Saúde e Higiene
5. SHITSUKE - Senso de Autodisciplina
6. SHIKARI YARO – Senso de Determinação e União
7. SHIDO – Senso de Treinamento
8. SETSUYAKU – Senso de Economia e Combate aos Desperdícios
9. SHISEI RINRI – Senso dos Princípios Morais e Éticos (no exercício do trabalho)
10. SEKININ SHAKAI – Senso de Responsabilidade Social

O programa 10 S é uma proposta que visa reeducar as pessoas, recuperar valores, buscar a melhoria no ambiente de trabalho, aumentar a produtividade, não descuidar da saúde e segurança, modernizar as organizações, e, acima de tudo, buscar a conscientização de todos para práticas de cidadania. Com resultados comprovados pelos que já adotaram as práticas, tem-se o fortalecimento do espírito de equipe dentro das organizações, levando as pessoas envolvidas a terem mais iniciativas e participarem mais do dia-a-dia da organização, implementando a melhoria continua em seus processos. A proposta de implantação dos outros S (de 5 para 10), nas organizações que já usam o 5S, é justamente conscientizar a todos de que é possível contribuir com ações diversas, para que se tenha uma sociedade mais digna e justa, que são as ações de Responsabilidade Social, com Ética e Moral, onde o comprometimento das pessoas é fundamental para o sucesso não só profissional, mas também pessoal e humano. Aquelas organizações que estiverem interessadas em melhorar seu ambiente de trabalho em todos os aspectos citados anteriormente, devem implantar o Programa 10S. Também pode ser implantado um S de cada vez. A ordem de implantação não é rígida. Qualquer opção é valida, desde que a alta administração da organização se comprometa em dar o apoio necessário para o sucesso do programa. Para saber se o programa tem eficácia ou não é preciso realizar uma avaliação, acompanhando os critérios definidos para cada S. Na avaliação dos 10S são verificados em torno de 50 itens. É realizada por dois avaliadores, um da própria área que está sendo avaliada e outro externo àquele ambiente de trabalho, sendo que os dois devem ser treinados para executar a avaliação. A avaliação deve ser realizada periodicamente é demonstrado através de um gráfico chamado “Radar 10S”.

SIGNIFICADOS E BENEFÍCIOS DE CADA SENSO DO PROGRAMA 10S

1º - Senso de Utilização (SEIRI)
O sentido de SEIRI é “separar por grau, tipo ou tamanho”.
O ponto inicial do 1º Senso é saber o que é essencial estar presente no ambiente de trabalho, eliminando tudo que não agrega valor, utilizando os recursos disponíveis de acordo com as necessidades e adequação, evitando excessos, desperdícios e má utilização. Saber utilizar é, antes de mais nada, saber arrumar, separando o que é bom daqueles materiais que não servem mais para sua utilização, lembrando sempre que, aquilo que não serve para você pode ser útil para outros.
Benefícios:
- maior senso de organização e economia, reaproveitando os recursos disponíveis (mesas, máquinas e equipamentos que não servem para você mas podem servir para outras pessoas);
- liberação de espaço para diversos fins;
- aumento da produtividade das pessoas envolvidas;
- menos riscos de acidentes no local de trabalho;
- evita compras desnecessárias;
- combate a burocracia.
2º - Senso de Ordenação (SEITON)
O 2º Senso significa determinar o local para se achar com facilidade algum documento material ou equipamentos necessários. Ordenar é a conseqüência natural de arrumar aquilo que se utiliza, colocando etiquetas brancas ou coloridas, rótulos, palavras-chaves, etc. Ter o que é necessário, na quantidade certa, na hora e lugar adequados. É preciso descobrir formas para que todos possam achar as coisas com facilidade, usá-las e guardá-las nos seus devidos lugares.
Benefícios:
- reduz o tempo de busca daquilo que se precisa usar;
- diminui a necessidade de controle de estoques;
- facilita a movimentação interna;
- evita compras desnecessárias e danos aos objetos estocados;
- aumenta a produtividade, racionaliza o trabalho e diminui o cansaço físico e mental;
- evacuação rápida em caso de perigo.
3º - Senso de Limpeza (SEISO)
0 3º Senso significa deixar tudo limpo, com o cuidado de não varrer só por varrer, espanar só por espanar. A melhor interpretação para o senso de limpeza é: não basta varrer tirando o pó e a sujeira, é importante que cada um, após utilizar determinado instrumento de medição , veiculo, máquina ou ferramenta deixe-os limpos nas melhores condições de uso possível.
Exercer o Senso de Limpeza é ter carinho com as coisas que usamos: não forçar os equipamentos e não desperdiçar materiais, enfim, ter senso de limpeza é zelar pela conservação de tudo que está sob nossa responsabilidade. Importante também é incentivar os colegas a manter o ambiente limpo, arrumado e ordenado.
Benefícios:
- ambiente mais agradável e sadio;
- ajuda na prevenção de acidentes;
- melhoria e preservação dos equipamentos, proporcionando maior vida útil;
- diminuição do desperdício;
- prevenção da poluição;
- melhoria da imagem interna e externa da empresa.
4º - Senso de Saúde e Higiene (SEIKETSU)
O 4º Senso significa verificar se o pensamento, se o espirito do programa está sendo absorvido, isto é, checar o resultado parcial em toda empresa até esta 4ª etapa do processo.
É verificar, por exemplo, o estado dos banheiros, sanitários, refeitórios, oficinas, áreas operacionais, etc. Se todos esses locais estiverem em perfeita ordem pode-se dizer que o programa está sendo cumprido satisfatoriamente. Este é um senso que busca também, a questão da higiene mental: é necessário a existência de um clima de bom trabalho, com conforto, segurança e com relações saudáveis entre todos os setores da organização para que o programa possa ser plenamente desenvolvido.
Além de exercer e manter os três primeiros sensos como forma de melhorar continuamente o ambiente físico de trabalho, devemos ter plena consciência dos aspectos que afetam nossa saúde e agir sobre eles.
Benefícios:
- prevenção de acidentes;
- elevação dos níveis de satisfação e motivação pessoal;
- prevenção e controle do estresse;
- melhoria da qualidade de vida.
- economia em combate a doenças (enfoque preventivo).
5º - Senso de Autodisciplina (SHITSUKE)
O 5º Senso significa cumprir os procedimentos operacionais, ética e padrões estabelecidos pela empresa. Este é o S mais complexo de todos, porque é o momento em que os empregados já devem executar as tarefas como hábito, sem achar que já está tudo funcionando perfeitamente ou que não há mais nada para evoluir. Ao contrario, a autodisciplina requer constante aperfeiçoamento : se está bom pode ficar ainda melhor. A criação de um ambiente de trabalho disciplinado é a medida mais importante para garantir a Qualidade.
Benefícios:
- conscientização da responsabilidade em todas as tarefas, por mais simples que sejam;
- cumprimento das regras e procedimentos estabelecidos;
- serviços executados dentro dos requisitos de qualidade;
- desenvolvimento pessoal e profissional;
- aumenta a possibilidade de resultados de acordo com o planejado;
- incrementa a qualidade geral dos serviços e das relações interpessoais.
6º - Senso de Determinação de União (SHIKARI YARO)
Prega a participação determinada dos gestores em parceria com a união de todos os empregados. O exemplo vem de cima. Motivação, liderança e comunicação são as chaves do Senso.
No ambiente da Qualidade, um ponto fundamental é a transparência na condução da gestão, para que se tenha um bom trabalho em equipe, buscando assim o comprometimento de todos, para alcançar os resultados almejados. Os gestores Devem definir formas para que todos se engajem no processo, estimulando e motivando as pessoas para as práticas estabelecidas. Desenvolver a prática do trabalho em equipe em todas as esferas da organização é o verdadeiro sentido do 6º S.
Benefícios:
- aumento da confiança dos empregados perante a organização;
- maior compromisso dos empregados na busca de resultados;
- melhora nas relações interpessoais ;
- retêm talentos.
7º - Senso de Treinamento (SHIDO)
Prega o treinamento do profissional e a educação do ser humano. Estas ações qualificam o profissional e engrandecem o ser humano, que passa a ter maior empregabilidade, essencial no cenário atual.
Nas práticas da administração moderna, o ser humano tem que ser considerado o maior valor, pois é através dele que se obtêm os resultados almejados. No atual cenário, não só o treinamento de tarefas repetitivas é importante, mas a organização tem que desenvolver as pessoas para que elas tenham a oportunidade de tornar-se empregáveis e competitivas, dando a elas qualificação profissional constante. Criar o ambiente do conhecimento e desenvolver talentos é uma das propostas do 7º S.
Benefícios:
- maior empregabilidade;
- desenvolvimento de talentos;
- aumento da produtividade e resultados.
8º - Senso de Economia e Combate aos Desperdícios (SETSUYAKU)
Modificações e melhorias que combatem os desperdícios, reduzindo os custo e aumentando a produtividade.
Combater o desperdício no ambiente de trabalho é fundamental para ajudar nos resultados da empresa. Deve-se estimular os empregados para que criem alternativas de redução de perdas de materiais e serviços, conscientizando-os a realização do trabalho com qualidade e, estimular também, a prática da reciclagem, contribuindo assim com a degradação do meio ambiente.
Benefícios:
- economia para a empresa com a redução dos desperdícios de materiais e serviços;
- redução de horas extras;
- reeducação das práticas de aquisição de materiais;
- preservação do meio ambiente.
9º - Senso dos Princípios Morais e Éticos (SHISEI RINRI)
Ser ético é, além de outros fatores, ser capaz de voltar esforços de gestão para objetivos mais nobres, como o de aumentar a produtividade, a eficiência e a qualidade de um produto ou serviço.
A empresa deve definir padrões de conduta para seus empregados, criando compromisso dos mesmos com suas atitudes e comportamento. Cada empregado tem que saber avaliar o que pode ou não fazer no exercício da sua função, procurando sempre ser leal com os clientes e com a própria empresa.
Benefícios:
- empregados mais compromissados com os resultados da empresa, com atitudes éticas perante os clientes, acionistas, fornecedores e com as equipes de trabalho da qual fazem parte.
10º - Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI)
Compromisso que a organização e as pessoas que dela fazem parte devem ter para com a sociedade. Toda e qualquer ação que possa contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade.
O 10º Senso tem a finalidade de disseminar na organização a importância da prática da Responsabilidade Social, não só como obrigação da empresa em desenvolver ações sociais, mas incentivar e motivar seus próprios empregados a realização de trabalhos voluntário para atender as carências da sociedade. As práticas de Responsabilidade Social vão além dos pagamentos de impostos, tributos e cumprimento da legislação trabalhista.
Benefícios:
- melhora da imagem perante a sociedade e órgãos governamentais;
- maior produtividade dos empregados;
- transparência nas ações com os clientes, empregados, acionistas, fornecedores e a sociedade;
- participação do crescimento sócio - econômico da população;
- preservação do meio ambiente.










VERIFICAÇÃO RÁPIDA VISANDO A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA 10S:
Como está o Senso de Utilização em sua empresa, sua casa, etc?

Considere na sua reflexão, alguns itens, como por exemplo:

- equipamentos, materiais e dados desnecessários;
- adequação das informações;
- burocracia;
- disponibilidade operacional dos equipamentos;
- utilização do tempo;
- desperdício do dia-a-dia;
- existência de padrões operacionais.

E o Senso de Ordenação?
Considere:
- leitura dos equipamentos, instalações e arquivos;
- sistema de guarda das ferramentas;
- comunicação visual - identificação de todos os locais da área;
- existência de coisas fora do lugar.

Senso de Limpeza/higiene
Considere:
- banheiros - todos estão limpos;
- postos de trabalho;
- áreas comuns;
- equipamentos;
- pisos;
- emissão de pó;
- vestuário dos empregados.

Senso de Saúde
Considere:
- comportamento atual em relação aos 3S’s anteriores;
- iluminação;
- ruído/Vibração;
- temperatura;.
- cuidado com os materiais tóxicos, voláteis e/ou explosivos;
- outras fontes de perigo;
- preocupação do empregado com sua própria saúde;
- promoção de atividades práticas e educacionais preventivas em relação a saúde(você tem participado?).

Senso de Autodisciplina
Considere:
- cumprimento dos procedimentos operacionais estabelecidos pela empresa;
- disseminação dos conceitos e informações;
- motivação, criatividade e comunicação.
Senso de Determinação e União
Considere:
- a transparência da administração na gestão da empresa;
- o engajamento das pessoas com os resultados;
- disseminação das informações para comprometer as pessoas.
Senso de Treinamento
Considere:

- número de horas em treinamento que a empresa disponibiliza para os empregados;
- treinamentos em tecnologia de ponta;
- meios utilizados para motivar os empregados para seu autodesenvolvimento.
Senso de Economia e Combate aos Desperdícios
Considere:
- desperdícios de materiais, equipamentos, horas de trabalho (retrabalho), etc.
- métodos para aquisição de materiais e equipamentos;
- formas de estímulo aos empregados para o combate ao desperdício.

Senso dos Princípios Morais e Éticos
Considere:
- compromisso dos empregados com a qualidade do atendimento aos clientes;
- a ética na condução do trabalho;
- a preocupação com a produtividade.

Senso de Responsabilidade Social
Considere:
- trabalho voluntário;
- saúde e segurança dos empregados;
- tratamento com os fornecedores;
- relacionamento com os órgãos governamentais;
- preocupação com o meio ambiente;
- práticas adotadas com o público interno;
- atendimento aos clientes.

Concluindo: do ponto de vista organizacional, esta filosofia deve ser praticada com o objetivo de melhorar as condições de trabalho, criando um ambiente de motivação, onde as pessoas possam transformar seus potenciais em realizações.


................................................................................................................................................................................